ELECTRONIC PREACHING AS AN EFFICIENT TOOL IN PUBLIC MANAGEMENT

Patrícia Verônica Nunes Carvalho Sobral, Romeu Da Silva Neto

Abstract


Objectives: This article seeks to point out the trading session, the innovations brought by Decree No. 10.024 / 2019 and its inferences in the Bidding and Contracts Law.

Methodology: To achieve what is intended to be transmitted, scientifically, in this work, the qualitative method is used, due to the importance of the nature of the theme and bibliographic research, through books, theses and pertinent legislation.

Results: Undoubtedly, the proper use of public resources, the use of new technologies and transparency in the hiring and contracting processes within the scope of the Public Administration are of paramount importance for the good functioning of the public sector. To achieve the ideals of results and efficiency, the Public Administration adopts modalities for the acquisition of goods, services and inputs. In this sense, the electronic auction modality, in addition to providing greater agility and efficiency, also facilitates access to information about the fairs, benefiting the inspection and control of public resources used by the public machine.

Contributions: The main contribution of this work is to present the trading session that emerged in 2000 as a new tool for the public entity to make acquisitions, with greater speed and efficiency.


Keywords


Administração Pública; Decreto nº 10.024/2019; Eficiência; Licitação; Pregão Eletrônico

References


BRASIL. Decreto nº 2.926, de 14 de maio de 1862. Approva o Regulamento para as arrematações dos serviços a cargo do Ministerio da Agricultura, Commercio e Obras Publicas. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1824-1899/decreto-2926-14-maio-1862-555553-publicacaooriginal-74857-pe.html. Acesso em: 03 mar 2020.

BRASIL. Decreto nº 4.536, de 28 de janeiro de 1922. Organiza o Código de Contabilidade da União. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/historicos/dpl/DPL4536-1922.htm. Acesso em: 03 mar 2020.

BRASIL. Decreto-Lei nº 200, de 25 de fevereiro de 1967. Dispõe sôbre a organização da Administração Federal, estabelece diretrizes para a Reforma Administrativa e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/del0200.htm. Acesso em: 03 mar 2020.

BRASIL. Lei nº 5.456, de 20 de junho de 1968. Dispõe sôbre a aplicação aos Estados e Municípios das normas relativas as licitações previstas no Decreto-lei nº 200, de 25 de fevereiro de 1967, que dispõe sôbre a organização da Administração Federal, estabelece diretrizes para a reforma Administrativa e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/1950-1969/L5456.htm. Acesso em: 03 mar 2020.

BRASIL. Decreto-Lei nº 2300, de 21 de novembro de 1986. Dispõe sobre licitações e contratos da Administração Federal e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Decreto-Lei/Del2300-86.htm. Acesso em: 03 mar 2020.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm. Acesso em: 04 mar 2020.

BRASIL. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8666cons.htm. Acesso em: 04 mar 2020.

BRASIL. Medida Provisória nº 2.026, de 4 de maio de 2000. Institui, no âmbito da União, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços comuns. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/mpv/Antigas/2026.htm. Acesso em: 04 mar 2020.

BRASIL. Lei nº 10.520, de 17 e julho de 2002. Institui, no âmbito da União, Estados, Distrito Federal e Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/2002/L10520.htm. Acesso em: 04 mar 2020.

BRASIL. Lei nº 13.303, de 30 de junho de 2016. Dispõe sobre o estatuto jurídico da empresa pública, da sociedade de economia mista e de suas subsidiárias, no âmbito da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2016/lei/l13303.htm. Acesso em: 04 mar 2020.

BRASIL. Decreto nº 10.024, de 20 de setembro de 2019a. Regulamenta a licitação, na modalidade pregão, na forma eletrônica, para a aquisição de bens e a contratação de serviços comuns, incluídos os serviços comuns de engenharia, e dispõe sobre o uso da dispensa eletrônica, no âmbito da administração pública federal. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/decreto/D10024.htm. Acesso em: 04 mar 2020.

BRASIL. Portal de compras. 23/09/2019b. Disponível em: https://www.comprasgovernamentais.gov.br/index.php/noticias/1170-decreto-aprimora-regras-do-pregao-eletronico. Acesso em: 05 mar 2020.

BRASIL. Instrução Normativa nº 206, de 18 de outubro de 2019c. Disponível em: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/instrucao-normativa-n-206-de-18-de-outubro-de-2019-222816417. Acesso em: 05 mar 2020.

BRASIL. Tribunal de Contas da União. Súmula nº 257. Disponível em: https://portal.tcu.gov.br/lumis/portal/file/fileDownload.jsp?fileId=8A8182A25753C20F0157679AA5617071&inline=1. Acesso em: 04 mar 2020.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Reforma do Estado para a Cidadania: reforma gerencial brasileira na perspectiva internacional. São Paulo: Ed. 34. Brasília: ENAP, 1998.

CHIAVENATTO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração: uma visão abrangente da moderna administração das organizações. 7 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

DE PAULA, Ana Paula de Paes. Por uma nova gestão pública: limites e potencialidades da experiência contemporânea. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2005.

DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito administrativo. 31 ed. rev. atual e ampl. Rio de Janeiro: Forense, 2018.

MEIRELLES, Hely Lopes. Direito administrativo brasileiro. 42 ed. São Paulo: Malheiros, 2016.

RIGOLIN, Marco Tullio Bottino. Manual prático das licitações: (lei n. 8.666, de 21 de junho de 1993). São Paulo: Saraiva, 2009.

SOBRAL DE SOUZA, Patrícia Verônica Nunes Carvalho. Corrupção e Improbidade: Críticas e Controle. 1 ed. ed. Belo Horizonte: Editora Fórum, 2011.

SOBRAL DE SOUZA, Patrícia Verônica Nunes Carvalho.; SOARES, Ricardo Maurício Freire. A influência do Big Data no controle social da Gestão Pública. REVISTA DE DIREITOS HUMANOS FUNDAMENTAIS, v. 2, p. 83-107, 2019.




DOI: http://dx.doi.org/10.26668/businessreview/2020.v5i1.184

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia

Intern. Journal of Profess. Bus. Review (e-ISSN: 2525-3654)

AOS- ESTRATEGIA E INOVAÇÃO, São Paulo-SP, Brazil.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.